Quem Somos

O GEAC tem suas bases estabelecidas em 1998 a partir da aglutinação de pesquisas tendo o processo de aprendizagem na saúde como tema central. Em maio de 2002, o Grupo é formalmente certificado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro como um Grupo de Pesquisa do Diretório de Grupos de Pesquisa do Brasil do CNPq .

Desde então o GEAC, que surge de parceria acadêmica entre o Laboratório de Currículo e Ensino do Núcleo de Tecnologia Educacional para a Saúde (NUTES/UFRJ) e o Departamento de Enfermagem Fundamental da Escola de Enfermagem Anna Nery (EEAN/UFRJ), amplia suas atividades para um caráter cada vez mais multidisciplinar.

Atualmente, as pesquisas do Grupo, genericamente, visam investigar o processo de aprendizagem no ser humano. Os recortes de interesse incluem: metacognição, estilos de aprendizagem, motivação, hábitos e fontes de estudo, formas de raciocínio, interação social e estratégias de aprendizagem. Os estudos têm se dado em contextos tanto presenciais como naqueles inseridos no ciberespaço. Além disto, procura difundir o conhecimento pertinente, testando algumas de suas aplicações. Seu referencial teórico fundamenta-se principalmente nos autores cognitivistas. Dentre estes em particular, aqueles oriundos do movimento metacognitivo e da psicologia diferencial.

Ao longo de sua história o Grupo tem apresentado composição variada com ênfase em profissões na área da saúde e educação. O GEAC tem congregado participantes com formação acadêmica em enfermagem, medicina, fonoaudiologia, psicologia, letras, pedagogia e matemática, entre outras. São pesquisadores com título de doutorado e mestrado, mestrandos e doutorandos, e iniciantes de pesquisa, inclusive bolsistas de iniciação científica amparados por agências de fomento.

A diversidade de formação e experiências tem permitido o estabelecimento de discussões multidisciplinar e transdisciplinar no âmbito do GEAC, o que vem sendo coroado por um significativo avanço na produção intelectual em comum.

Pesquisadores Permanentes

Alunos de Pós-Graduação
 Doutorado

  • Roberta Coutinho
  • Ana Gracinda Ignácio da Silva

Mestrado

  • Ana Paula de Souza
  • Débora Queiroz
  • Bruno Fragoso Tavares
  • Elizabeth Pinto Valente de Souza
  • Jaqueline Santos de Andrade
  • Fernanda Avellar Cerqueira

Temáticas de Interesse e Pesquisa

As pesquisas tomam como campo de trabalho contextos e ambientes de aprendizagem presencial e virtual. Assim:

  • Metacognição
  • Estratégias e estilos de aprendizagem
  • Motivação, hábitos e fontes de estudo
  • Formas de raciocínio, raciocínio diagnóstico e pensamento crítico
  • Interação social e comunicação (em ambientes virtuais de aprendizagem colaborativa) 

Parcerias

  • O GEAC estabelece parcerias orientado por seus propósitos e temáticas de interesse. São modalidades de parceria:
  • Orientação, iniciação e desenvolvimento para a pesquisa, nos níveis de graduação e pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado).
  • Produção acadêmica conjunta com outros pesquisadores e grupos de pesquisa.
  • Ensino em disciplinas articuladas a cursos de graduação e pós-graduação.
  • Atividades de extensão nas quais se destacam os eventos científicos e cursos.

Textos básicos

Aqui apresentamos um conjunto de textos que procuram apresentar, de maneira globalizante os temas com os quais o GEAC costuma trabalhar.

Este material não tem por objetivo introduzir, aprofundar ou atualizar o tema. Representam isto sim, aquilo que se considerou como mais relevante, na perspectiva do grupo, no momento em que foram produzidos. Neste sentido, significam então uma datação da preocupação com a literatura pertinente que o grupo apresentou em um momento específico. Significam ainda o viés particular escolhido pelo grupo (ou por um de seus membros), para aprofundar suas leituras.

Por isto, este conjunto de textos  visa apenas fornecer uma primeira aproximação de aspectos considerados relevantes pelo grupo. Esta explicitação por intemédio dos textos aqui apresentados, tem por função:

  1. Favorecer o surgimento de parcerias.
  2. Facilitar a aproximação de eventuais candidatos a postos de pesquisa em nivel de graduação e pós-graduação.
  3. Situar nossos alunos no contexto teórico básico, acelerando seu desenvolvimento.

Metacognição:

Estudar / Aprender

 

Psicologia Diferencial:

Educação à Distância