Qual é o seu nome?


Qual é o meu nome?
Como sou chamado?

Escutando nosso nome escutamos a voz de todos aqueles que nos chamaram. É verdade que algumas vezes nosso nome foi pronunciado sem amor, sem desejo.

Como se reconciliar com o seu nome? Algumas vezes é preciso descobrir sua beleza.

O nome tem algo de sagrado. O nome é uma vibração, é um comprimento de onda e este comprimento de onda nem sempre se harmoniza com o comprimento de onda do grande nome do “EU SOU”. Se isto acontece, talvez seja preciso, também mudar de nome.

No momento da nossa iniciação ou do nosso batismo um nome nos é dado, e este nome não é simplesmente uma etiqueta social ou um nome de família. É o nosso nome que lembra nossa identidade profunda.

(Jean Yves Leloup: O livro do Pai-Nosso e das
Bem-Aventuranças – Um arquétipo do Desejo
)

Você tem algo a dizer ? Quer ampliar o debate ? Comentários são bem vindos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s