Prazer, dor e conforto


O oposto do prazer não é a dor, mas o conforto.

Nilton Bonder, Fronteiras da Inteligência.

” É mais difícil encontrar um discípulo do que um rabino.
Porque fazer crer é mais fácil do que crer. Dar é mais difícil do que receber.
Enfim, ser aprendiz é mais humano do que ser mestre. “

Rabino Itschak Iaakov de Lublin, o Vidente de Lublin

A ignorância espiritual está na proposta de um conforto que, ao evitar a dor, perde também acesso ao prazer. Trocamos prazer por diversão: por aquilo que nos faz divergir ou nos afastar de nós mesmos. É uma forma de fuga que tem como custo, a médio prazo, a depressão e o desespero.

Nilton Bonder

Você tem algo a dizer ? Quer ampliar o debate ? Comentários são bem vindos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s