Professores ensinam melhor se respeitam o estilo de aprendizagem dos alunos


Olá!

Hoje trago um trabalho apresentado no Encontro Nacional de Engenharia de Produção em 2006, no Ceará.  Nele o autor mostra como o fato de um professor específico ensinar sem levar em conta os diferentes estilos de aprendizagem dos seus alunos contribuiu para tornar a sua disciplina mais “difícil”.  Isto se refletiu no baixo desempenho dos alunos, mas também na insatisfação do professor,  ao retirar do seu trabalho cotidiano o prazer de ensinar.

Boa leitura !

A relação professor-aluno estudada sob a ótica dos estilos de aprendizagem: um estudo de caso

Ana Teresa Colenci Trevelin
Renato Vairo Belhot

Resumo

Hoje, em função da alta competitividade, mais do que nunca as empresas dependem dos talentos e do capital intelectual de seus profissionais para poderem enfrentar um ambiente cada vez mais dinâmico e explorar com sucesso as oportunidades de negócio. A necessidade do uso da criatividade, da inovação, da flexibilidade, da solução para os problemas, exige mais a integração do conhecimento. Neste sentido, o papel da Universidade se faz cada vez mais presente no sentido de preparar estes profissionais para uma atuação na sociedade e também para as exigências do mercado de trabalho. Assim, o ambiente educacional pautado nas relações de ensino-aprendizagem têm sido estudado a fim de maximizar o aproveitamento do conhecimento e o desenvolvimento de habilidades por seus alunos. Se o professor ensinar apenas da maneira que favoreça o estilo menos preferencial de seus alunos, poderá gerar um nível de desconforto que vai interferir no rendimento do processo. Por outro lado, se o professor ensinar apenas pela maneira preferencial dos alunos, eles poderão não desenvolver a destreza mental que necessitam para enriquecer seu potencial na escola e profissionalmente. Um dos objetivos da escola seria então o de ensinar os estudantes a desenvolverem suas habilidades nos estilos de aprendizagem mais preferidos e menos preferidos, o que poderia ser chamado de ensino ao redor do ciclo. Neste sentido, o objetivo do presente trabalho foi fazer uma revisão bibliográfica acerca do tema e através de um estudo de caso verificar a existência de uma correlação entre os estilos de aprendizagem e o desempenho dos alunos em disciplinas de uma Faculdade de Tecnologia do interior de SP através do mapeamento dos estilos de aprendizagem dos alunos e de seus professores enfatizando uma disciplina considerada “problema” pela avaliação institucional da própria faculdade a fim de propor melhorias.

Para ler o artigo completo clique  aqui

  Anterior    ⇔   Próximo              

                                                                                        

Anúncios

5 thoughts on “Professores ensinam melhor se respeitam o estilo de aprendizagem dos alunos

  1. Pingback: Qual é a diferença entre Estratégias e Estilos de Aprendizagem ? « Blog da Officina da Mente

  2. Pingback: Estilos de Aprendizagem e Medicina « Blog da Officina da Mente

  3. Pingback: Explicando mais a diferença entre Estratégias e Estilos de Aprendizagem « Blog da Officina da Mente

  4. Gostei da “aprendizagem” ter vindo junto “ensino”. Quantos esquecem, ou são obrigados a esquecer (salários, sociedade, etc…). Obrigado pela contribuição.
    Prof. Mauricio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s