Estratégias para desenvolver a metacognição e a compreensão de textos teóricos na Universidade


Metacognição é um termo novo, relativamente desconhecido. Continuando o que iniciamos em julho, hoje um extrato do artigo de Kopcke, onde você encontra algumas sugestões práticas para o uso da metacognição. Notem que apresento apenas alguns trechos do artigo. caso seja do seu interêsse , ao final você tem um “link” para o artigo completo.

Prof. Mauricio Peixoto

Estratégias para desenvolver a metacognição
e a compreensão de textos teóricos na Universidade.

Henrique Kopcke Filho

RESUMO

Pesquisas acerca da qualidade da leitura nos cursos superiores têm destacado a distância que separa ciência e prática, professores e pesquisadores. Com o intuito de aproximar teoria científica e prática pedagógica, vêm descritas, neste trabalho, três estratégias metacognitivas, como sugestão para programas de leitura referentes ao desenvolvimento da metacognição com vistas à compreensão de textos teóricos na universidade.

Palavras-chave: Metacognição, Estratégias metacognitivas, Tempestade cerebral.Estratégias para o desenvolvimento da metacognição em leitura

1. A estratégia AIM

Jacobowitz (1990), em artigo que trata da estratégia metacognitiva denominada AIM (Author’s lntended Message), ou seja, a mensagem pretendida pelo autor, informa que a causa da deficiência em leitura, demonstrada pelos alunos recém-admitidos nas faculdades, deve-se a uma prática de ensino ineficiente de estratégias nos graus escolares anteriores. . .

… estudos voltados para a explicação do modo pelo qual os leitores determinam a idéia principal de um texto expositivo esclarecem que, diferentemente dos leitores menos hábeis, os bons leitores não se apóiam em sua intuição, nem esperam que o texto lhes aponte a idéia mais importante, pois são capazes de: a) interagir com o texto, no sentido de relacionar seu conhecimento prévio com o conhecimento acumulado durante a leitura; b) fazer uso de palavras-chave ou de frases para encontrar a intenção do autor; c) resumir a matéria lida em uma única idéia e d) demonstrar as estratégias que costumam usar como plano para chegar à compreensão do texto.

Diante das diferenças marcantes que separam os dois tipos de leitores, até mesmo em nível de 3º grau, Jacobowitz desenvolveu e testou a estratégia AIM cujo objetivo geral foi capacitar os leitores a lerem um texto expositivo de maneira significativa e independente, e como objetivo específico apontou o desenvolvimento destas habilidades relacionadas tanto com a pré quanto com a pós-leitura: a) estabelecer objetivo(s) antes da abordagem do texto; b) ativar o conhecimento prévio; c) levantar hipóteses acerca do conteúdo do texto; d) determinar a organização textual; e) avaliar criticamente o que foi lido, sem o auxílio tradicional dos livros didáticos e da orientação do professor…

2. A estratégia K-W-L

A estratégia K-W-L foi divulgada por Ogle (1986). Tem por finalidade desenvolver a leitura de textos teóricos, partindo do conhecimento prévio do leitor, base fundamental que influencia o modo pelo qual ele interpreta o que lê e o que aprende com a leitura.

O procedimento estabelecido por Ogle é muito simples. À semelhança da AIM, descrita anteriormente, a K-W-L implica atividades anteriores, simultâneas e posteriores à leitura. Seu nome deve-se a estas três questões: 1. O que eu sei sobre o assunto?; 2. O que pretendo saber?; 3. O que aprendi com a leitura?…

3. A estratégia K-W-L PLUS

Estruturada a partir da estratégia de Ogle (1986), a K-W-L PLUS (Carr e Ogle, 1987) acrescenta às fases K, W e L um mapa do texto e um resumo.

O mapa do texto é uma espécie de diagrama centrado numa idéia ou num conceito-chave. Sua construção tem por objetivo relacionar e organizar num todo as informações significativas distribuídas na matéria a ser lida. Segundo as pesquisas, quando colocado em prática e automatizado, o mapa desenvolve habilidades de compreensão, fundamentais para aprendizagens futuras. . .

Para ler o artigo completo clique aqui

 

Você tem algo a dizer ? Quer ampliar o debate ?
Comentários são bem vindos.

Anúncios

5 thoughts on “Estratégias para desenvolver a metacognição e a compreensão de textos teóricos na Universidade

  1. Pingback: Como entender uma frase usando a Metacognição (Passo 1) « Blog da Officina da Mente

  2. Pingback: Quem quer ser um milionário? « Blog da Officina da Mente

  3. Pingback: Como entender uma frase usando a Metacognição (Passo 2) « Blog da Officina da Mente

  4. Pingback: Como entender uma frase usando a Metacognição (Passo 3) « Blog da Officina da Mente

  5. Pingback: Blog da Officina » Como entender uma frase usando a Metacognição (Passo 3)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s