A influência positiva da midia sobre a formação de jovens


Vilma Homero

Atividades culturais podem ser um grande divisor de águas na formação de adolescentes de baixa renda. A constatação é do grupo de pesquisa que se enfronhou por instituições da Baixada Fluminense e descobriu um mundo de diferenças entre os jovens que aprenderam a lidar com os vários recursos da mídia, fazem jornal, programas de rádio e sites, e os que estão em instituições onde não têm acesso a nada disso. Da maior sofisticação de vocabulário e formas de expressão verbal dos primeiros ao desalento e falta de perspectiva dos segundos, esse contraste pode ser traduzido pelas respostas de dois jovens. Enquanto um deles vê a possibilidade de continuar trabalhando com instrumentos de mídia no futuro, outra apenas responde: “Quando crescer, quero ser soldado do Bope, para ter autoridade e poder subir o morro dando porrada em todo mundo.” Clique aqui para continuar lendo esta matéria.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s