Do Ensino à Aprendizagem: O Positivismo


A segunda metade do século XVIII marcou um período de revoluções burguesas caracterizada entre outras pela ascensão política desta classe no contexto da crise do Antigo Regime europeu. A libertação social e política desta época passava pelo desenvolvimento da ciência e da tecnologia É aí que nasce no interior do Iluminismo, dentre outras, a corrente positivista que consolidou a concepção burguesa da educação, tendo como maior expoente Augusto Comte. O positivismo trouxe avanços para a Educação pela crítica que fez ao pensamento humanista cristão. Deu inegável contribuição ao estudo científico da educação.
Comte (1798-1857) sofreu influência de alguns intelectuais, como Laplace e Lagrange. Dizia que a verdadeira ciência analisa os fenômenos, mesmo o humano, como fatos. Deve-se afastar das ciências qualquer preconceito ideológico. A ciência precisa ser neutra. Para ele a humanidade passou por três etapas sucessivas: estado teológico, estado metafísico e estado positivo, e a partir da “lei dos três estados” deduziu uma proposta para o sistema educacional.
Émile Durkheim (1858-1917) sociólogo positivista considerava a educação como imagem e reflexo da sociedade, um fato social, e a pedagogia uma teoria da prática social. Em sua obra afirma que a regra fundamental é considerar fatos sociais como coisas. Opunha-se a Rousseau, quando dizia que o homem nasce egoísta e só a sociedade pela educação, pode torná-lo solidário.
“A educação é a ação exercida pelas gerações adultas sobre as gerações que ainda não se encontram preparadas para a vida social; tem por objetivo suscitar e desenvolver, na criança, certo número de estados físicos […]” (Durkheim)
Em Whitehead, um dos maiores pensadores neopositivistas contemporâneos, percebe-se uma leve mudança no enfoque. Aqui já se visualiza um discurso mais centrado na aprendizagem, trazendo à tona a importância do aprender, de adquirir competência para construir o conhecimento. Na sua obra A ciência e o mundo moderno, afirma: “a educação é a aquisição da arte de utilizar os conhecimentos. É uma arte difícil de transmitir”.

 

Você tem algo a dizer ? Quer ampliar o debate ?
Comentários são bem vindos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s