Bons aprendizes facilitam o ensino


Começamos hoje a nossa série sobre aprendizagem mostrando um aspecto pouco conhecido. Todos sabemos da importância do professor no processo de ensino. Afinal de contas é ele que ensino. Basta que o aluno aprenda. Ok? Be, na realidade a coisa é um pouco diferente.
O processo de ensino / aprendizagem comporta dois aspectos inseparáveis; o ensinar e o aprender. Na verdade, estes aspectos definem-se de forma relacional. Há o ensino quando alguém aprende. Há o aprendizado quando à alguém se ensina algo. Mesmo na ausência da figura formal e explícita do professor, o indivíduo só aprende na medida em que é submetido, ou se submete à um conjunto de ações e experiências que levam ao aprendizado. Neste caso então, mesmo ausente o professor, mantém-se presente sua função.

Esta profunda interação não nos deve fazer esquecer entretanto, que o fenômeno é em essência binomial. Comporta dois componentes diferentes; cada um com suas características e especificidades. Da mesma maneira que existem competências e habilidades pertinentes ao docente, também existes aquelas adequadas ao aprendiz.
Podemos, portanto entender o processo ensino – aprendizagem como uma trilha de parcerias, onde docentes e alunos contribuam, cada qual com sua parte para o sucesso da empreitada. É razoável supor então, que progressos na compreensão e operacionalização da aprendizagem permitam melhorar a eficiência da instituição escolar como um todo.
É claro que o docente, o aluno e a escola inserem-se em um todo maior, relacionando-se com aspectos econômicos, ideológicos, políticos e sociais. Em alguns casos, a educação pode mesmo confundir-se com este todo. Entretanto, considerar como pertinente esta visão macroscópica, não implica em desconsiderar aspectos mais ligados ao indivíduo. É nele onde confluem todos os vetores da vida em sociedade. Neste sentido é então razoável a afirmativa de que. a competência dos aprendizes traz-lhes benefícios diretos no seu aprender. Ainda mais, na medida em que bons professores beneficiam-se com alunos competentes, o domínio das habilidades da aprendizagem facilita a função docente, o que reverte em benefícios tanto para o aluno como para o professor.
Bem por enquanto é só, mas na semana que vem continuamos a aprofundar um pouco mais os benefícios do conhecimento sobre aprendizagem, agora sob a perspectiva do professor e da sociedade.

Você tem algo a dizer ? Quer ampliar o debate ?
Comentários são bem vindos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s