Momento de Decisão


Diante do Impasse: Pare e Observe!

Quantas vezes na vida paralisamos diante de situações que nos chamam à tomada de decisão? Quantas vezes na vida nos deparamos com momentos em que escolhas têm que ser feitas?

Paramos por não conseguirmos avaliar o que é certo e o que é errado. Paramos por não conseguirmos perceber o que queremos e o que não queremos. Paramos porque queremos tudo. Paramos, até por não querermos nada.

E, quantas vezes paramos porque, embora saibamos o que queremos, não encontramos coragem e força para agir. E, quantas vezes paramos porque, embora saibamos o que queremos, nos sentimos cansados diante daquilo que não muda, que não solta, que não caminha.

Desde que acordamos até a hora de dormir, tomamos decisões. Aliás, até mesmo dormindo, tomamos decisões – os sonhos nos convidam a escolhas verdadeiras. No entanto, parece que não temos consciência dos momentos de decisão no nosso dia a dia. Ao acordarmos já temos que decidir se saímos da cama ounão. Mesmo que o trabalho, a escola, ou qualquer outro compromisso torne automático o “levantar da cama”, ainda assim, tomamos uma decisão.

Decidimos o que vestir; decidimos o que calçar; decidimos o que comer. Decidimos, decidimos, decidimos…

Decidimos ser simpáticos, ser alegres, ser amigos. Decidimos ser bons ou ruins, ser livres ou prisioneiros. Decidimos chorar, sorrir, brincar, participar, nos isolar.

Estas são decisões quase que inconscientes. São decisões diárias, aparentemente, sem muita importância.

Mas, e aquelas situações que exigem decisões ditas mais importantes, ditas mais difíceis? Aquele momento de decisão que nos paralisa por não sabermos o que e como fazer?

Momento de Decisão — Diante do Impasse: Pare e Observe!

Pare e observe do que está abrindo mão. Pare e observe seus ganhos e suas perdas. Pare e observe seus desejos e não desejos. Pare e observe seus sentimentos, pensamentos e sensações. Pare, observe e acredite no que está vendo, ouvindo e sentindo. Pare e observe o sentido da sua escolha, o sentido do seu sonho, o sentido da sua vida.

Diante do Impasse: pare, observe…e não tenha pressa. Não entre no desespero. Limpe a sua visão. Traduza a sua emoção. Escute o seu coração. Ilumine a sua mente.

Diante do Impasse: pare, observe…e aguarde o seu “momento de decisão”!

Mas, faça a sua Escolha!

DECIDA!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s