O que é Estilo de Aprendizagem?


Todas as pessoas têm um estilo de aprendizagem. Quando o estilo que se usa está bem adaptado às características individuais, o resultado é uma melhor postura para a aprendizagem e conseqüente incremento na produtividade, no sucesso escolar e na criatividade (Griggs, 1991). Estilo de aprendizagem pode ser entendido como uma combinação entre características cognitivas, afetivas e fatores fisiológicos que se tornam indicadores relativamente estáveis da maneira com que um aprendiz compreende e interage com, ou responde ao ambiente de aprendizagem (Keefe, 1979). Já Butler (1988) identificou quatro grandes dimensões do estilo de aprendizagem: cognitiva, afetiva, fisiológica e psicológica.

  • Cognitiva – diz respeito aos diferentes modos pelos quais os alunos percebem e ordenam mentalmente as informações e idéias;
  • Afetiva – diz respeito a como fatores sociais e emocionais afetam situações de aprendizagem;
  • Fisiológica – diz respeito a que sentidos são utilizados na aprendizagem: audição, visão e movimento (sentido cinestésico);
  • Psicológico – diz respeito a como a força interior e a individualidade afetam a aprendizagem do indivíduo.

Estão incluídos nesta ampla definição os estilos cognitivos; padrões intrínsecos de processamento de informação que representam o modo típico de uma pessoas perceber, pensar, lembrar e resolver problemas.(Griggs, 1991)

Tem-se dado muita importância ao “constructo” do estilo de aprendizagem em educação. Butler (1988) apresentou as quatro maiores vantagens advindas da avaliação do estilo de aprendizagem:

  1. Facilita o exame pelos instrutores , de como eles mesmos aprendem
  2. Força os instrutores a examinarem se desenvolvem ou mascaram seus próprios estilos de aprendizagem
  3. Força os professores a examinarem se estão prejudicando ou frustando seus alunos sobre o modo como eles próprios ensinam
  4. Este conhecimento proporciona base para planejar estratégias de ajuda aos alunos que têm diferentes estilos de aprendizagem, inclusive estilos diferentes daqueles dos professores.

Professores podem variar os tipos de estilos de ensino necessários ao aprendizado e oferecer opções aos estudantes. Derry (1988/89) concluiu que aumentando as opções no repertório de táticas de aprendizagem dos alunos, os professores podem prepará-los para desenvolverem suas próprias estratégias para resolver problemas em sala de aula, através da ênfase nas estratégias de ensino.

Você tem algo a dizer ? Quer ampliar o debate ?
Comentários são bem vindos.

About these ads

2 pensamentos em “O que é Estilo de Aprendizagem?

  1. Prezado Professor,

    Eu li “O que é estilo de aprendizagem?” mas gostaria de saber qual é a diferença entre esta e estilos de comunicação (visual, auditivo e sinestésico).

    Aguardo um breve retorno,
    Tatiana

  2. Respondendo de maneira óbvia é que estilos de aprendizagem falam sobre maneiras de aprender. Estilos de comunicação sobre maneiras de comunicar-se. Digo isto para enfatizar que o meu blog fala de aprendizagem, não de comunicação. O que vem desta área toca apenas periféricamente os temas aqui trabalhados.
    Agora respondendo de maneira mais profunda. Estudiosos da aprendizagem e da comunicação tem tradições teóricas diferentes, Portanto o que afirmam deve ser entendido à luz destas tradições, mesmo quando usam palavras semelhantes. E aqui, me parece ser o caso. Seres humanos aprendem e se comunicam Também, há muita interpenetração entre a aprendizagem e a comunicação. Por isto não é surpresa que uns e outros possam, eventualmente, criar classificações que usam os mesmos termos.
    O que são estilos de comunicação visual, auditivo e sinestésico, não me cabe aqui discorrer. Mas há estilos de aprendizagem que incluem em seus critérios o aspecto visual, auditivo e sinestésico. Por exemplo, para aprender uma das coisas que você precisa fazer é apreender informação, ora do meio ambiente, ora do seu mundo interno. Esta informação vem em “pacotes”. Isto é, entre outras coisas, ela inclui aspectos visuais, auditivos e sinestésicos. As proporções de cada um são variadas e dependem de muitas coisas.
    No que se refere porém ao aprendiz, a percepção destes “pacotes” não se faz de forma homogênea. O aprendiz não apreende tudo, ao mesmo tempo e de forma igualitária. Ele seleciona partes deste “pacote” para processar. As pates específicas selecionadas definem (parcialmente) o estilo de aprendizagem. Visual quando a percepção privilegia as imagens. Auditiva com os sons e sinestésico com o movimento.
    Saber disso pode ajudar alunos a aprender melhor e professores a ensinar com mais eficiência.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s